Boletim Fev 2019

Volta as Aulas



Histórias para contar e viver, planos, esperanças, atitudes positivas, divisão de emoções, compromisso com a vida e sua magia de oferecer novas oportunidades a cada dia. É neste clima de emoção e energia renovada no amor e no sentido da vida que o Programa Criança para o Bem recebe, a partir do dia 4 de fevereiro, os 180 jovens que chegam pela primeira vez ou para o reencontro com colegas, professores, colaboradores e todos os propósitos que emergem diariamente desta proposta de crescimento humano.

Estamos alegres com o início do novo ciclo desta agenda de construção de prosperidade e evolução individual com muita atividade preparada e em elaboração para entregar às crianças, adolescentes e também aos seus pais e responsáveis.

Temos certeza de que este ano novo será de mais conquistas ainda, as quais vão preencher outras tantas páginas das histórias de vida de cada um dos comprometidos com este Programa que, pela atitude de todos, extrapola os portões da Nova Acrópole Brasília – Escola de Filosofia . E é este o nosso ideal.

Os 12 anos de Programa já mostraram-nos: aqui, é lugar de gente positiva e determinada que, desde muito cedo, mira no alcance das próprias metas consciente de seu papel como ser humano neste mundo.

Sejam bem vindos e que o Programa, neste 2019, conduza todos nós a novas etapas de conquistas individuais e coletivas e leve-nos a viver ainda com maior intensidade virtudes como a fraternidade e a colaboração mútua. E que os obstáculos já vencidos não sejam esquecidos, mas fortaleçam-nos e capacitem-nos a encarar os sucessivos desafios da vida, sempre baseados no desenvolvimento virtuoso do melhor de cada um.  Um grande ano a todos!


Compromisso: A virtude que
estamos praticando!

COMPROMISSO: Voluntários do Programa Criança para o Bem fazem 1º workshop de 2019

Brasília (30/1/2019) – Compromisso, “compromittere”. Do latim, com – junto, pro – à frente, mittere – enviar. Esta é a virtude que os voluntários do Programa Criança para o Bem, da Nova Acrópole Brasília – Escola de Filosofia , vão trabalhar no primeiro bimestre de atividades com os 180 jovens que participam das aulas, oficinas e sessões de reforço escolar. 
Para discutir o valor do “compromisso” na prática, o professor José Henrique Fonseca, foi o convidado a ministrar o workshop realizado no último sábado (26).
De acordo com Fonseca, mais duas palavras estão diretamente relacionadas ao contexto desta virtude, liberdade e discernimento. 
E ele explica: aquele que está comprometido com algo ou alguém segue a etimologia da palavra, que remete a “ir à frente”. É sentir que faz parte da “garantia” de que algum resultado vai haver. Então, a liberdade entra e cena, no caso do compromisso, associada ao papel que desempenhamos no mundo e o querer fazê-lo, agindo livremente, por vontade real. De acordo com o professor, devemos aprender com mestres reconhecidos pela Humanidade, pessoas que não estão, nem estiveram presas às convenções sociais, para evitar que sejamos escravos dos nossos instintos. 
VIVEKA – Quanto ao discernimento, a partir da palavra hindu “viveka”, que significa ver claramente, José Henrique alerta para a necessidade de compromete-se com saber diferenciar o bem do mal a cada questão e destaca que “diante de paixões, devemos ter muita atenção. As paixões nos impedem de ver claramente”. 
Assim, em fevereiro, quando as crianças do Programa retornarão e iniciarão as aulas, vão encontrar voluntários ainda mais comprometidos com o desenvolvimento delas e também em fazê-las entender e vivenciar o próprio compromisso com a vida que estão construindo.
PROGRAMA – O Programa Criança para o Bem é desenvolvido por voluntários de Nova Acrópole Brasília – Escola de Filosofia por meio da prestação de serviços socioeducativos e na área da saúde de forma sistemática e gratuita. Atualmente integra 180 jovens com idade entre 4 e 16 anos, residentes das regiões Varjão, Paranoá e Itapoã, do Distrito Federal, e em vulnerabilidade social. Em 10 anos de atividades, o Programa atendeu mais de 2.500 jovens no contra turno escolar. É um programa de educação complementar estruturado para impulsionar a formação humana, solidária e cidadã tanto para os colaboradores quanto para os jovens por meio do resgate profundo sobre o sentido da vida na esteira do desenvolvimento de virtudes. 
COLABORAR – Há várias formas de colaborar e envolver-se com a formação destes jovens, mesmo que você não estude filosofia na Nova Acrópole. É possível doar parte do seu imposto de renda, por exemplo, ou apadrinhar o Programa.

As crianças e jovens já estão trabalhando nas Oficinas com a virtude do Compromisso.

Compromisso com a educação integral
das crianças e jovens

Reunião das famílias fev 2019

Brasília, 18/2/2019 – Compromisso, disciplina, responsabilidades individuais com afazeres da escola e de casa, companheirismo, valorização dos pais e familiares, consciência para enfrentar diferentes pressões da juventude, educação financeira. Esses são alguns dos temas abordados na Reunião das Família que, na sexta-feira (15), realizou o primeiro encontro deste ano reunindo familiares de 75 jovens integrantes do Programa Criança para o Bem – Nova Acrópole , da Nova Acrópole Brasília – Escola de Filosofia.

Na pauta, exemplos de como a educação extrapola o ambiente escolar e continua em casa com a execução dos deveres, mas também no auxílio à manutenção da ordem que vai desde a limpeza às mais diversas atividades rotineiras que promovem a harmonia no ambiente doméstico e a integração entre pais e filhos. “O fortalecimento das relações e da comunicação entre pais e filhos é um pilar para a sustentação de todos os projetos saudáveis com que uma família deseja conviver”, ressalta a responsável pela reunião Cleysiane Lima. Ela concentrou a conversa deste primeiro encontro na motivação, tanto dos familiares presentes quanto dos que ainda não se sensibilizaram a participar dos eventos mensais.

MÃE AMIGA – Durante este primeiro encontro do Programa com as famílias dos jovens, uma pesquisa de satisfação das famílias presentes com relação à proposta foi realizada e entregue um imã com o calendário das próximas reuniões. Na ocasião, Celiane Lima, mãe de uma aluna, fez um depoimento e revelou que a filha passou a vê-la como amiga também, depois que começou a buscar melhoras na comunicação em casa apoiada nas orientações do Programa.


Aniversariantes do Mês:
Celebrando o ciclo da vida!

É sempre muito emocionante comemorar os aniversários do mês e celebrar a vida de cada uma das crianças e jovens do Programa. Com um lanche especial, brincadeiras e presentes personalizados os aniversariantes, amigos e colaboradores festejam o ciclo da vida.

Domingo é dia de muita alegria, esporte e saúde!

Brincadeiras no Módulo

Foi de muita alegria para as crianças e jovens do Criança para o Bem.O ônibus, que diariamente as leva à Sede da Nova Acrópole, no dia 24 de fevereiro,  as levou para o Módulo, espaço da NA para a prática esportiva.
Foi uma manhã para lá de especial. De forma lúdica, as crianças jogaram bola, correram, brincaram de pique-corrente, nadaram e fizeram um lanche muito especial. Foram momentos de muita diversão, companheirismo e aprendizado.
A alegria foi a grande facilitadora das práticas e possibilitou momentos de desenvolvimento físico, mental e, principalmente, das virtudes inspiradas no espírito olímpico.


Venha prestigiar e se emocionar com  a Orquestra do Bem!

Participe!
Sua generosidade pode
transformar a vida de crianças e jovens

Apresentação de Final de Ano 2018

Para manter o  Programa contamos com o compromisso generosidade e  colaboração de cada um.  Você pode participar:

  •  Destinado parte do seu Imposto de Renda para o Programa Criança para o Bem, até 6%. Temos 2 projetos aprovados pelos órgãos que utilizando as Leis de renuncia fiscal (Lei Rouanet e Fundo da Criança e do Adolescente);
  • Apadrinhando uma  criança, doando mensalmente os recursos para custear as oficinas, transporte e lanche;
  • Participando ou contribuindo com os Eventos beneficentes:  palestras, cursos, eventos culturais e bazares os recursos arrecadados são  doados para o Programa;
  • Doando  os materiais solicitados nas campanhas (material escolar, livros etc.); e
  • Sendo voluntário  ou uma Empresas ou Instituição parceira para  prestar os  serviços à comunidade atendida.  

Dados do Programa